Nome da Vacina Contra Gripe: Qual é?

Qual O Nome Da Vacina Contra Gripe

A vacina quadrivalente, também chamada e tetravalente, é composta por dois subtipos de Influenza A e mais dois subtipos de Influenza B. Ela está disponível nos serviços privados de vacinação. 26 Cʼhwe. 2024

Nome da Vacina Contra a Gripe: Qual é?

A vacina contra a gripe é classificada como inativada, o que significa que ela contém vírus da Influenza mortos em sua formulação. Essa categoria de imunizantes consiste em vírus ou bactérias modificados, inativos ou compostos por suas partículas. É importante ressaltar que essa vacina não tem capacidade de causar a doença, pois os vírus estão inativos.

Diferenças entre as vacinas da gripe de cada ano

A cada ano, a Anvisa realiza uma análise da formulação das vacinas contra a gripe que serão utilizadas no Brasil. Essa avaliação leva em consideração quais cepas foram mais prevalentes tanto globalmente quanto localmente no ano anterior, permitindo assim determinar como as vacinas devem ser preparadas para garantir sua eficácia.

Confira: Diferença entre Gripe e Resfriado: informações importantes.

Qual a idade recomendada para receber a vacina contra gripe?

A vacina contra a gripe pode ser aplicada em crianças a partir dos 6 meses de idade, desde que não haja nenhuma contraindicação.

Quais são as contraindicações da vacina contra a gripe?

A vacina contra a gripe não é recomendada para pessoas que possuem alergia grave, com risco de morte (anafilaxia), a algum componente da vacina ou que tenham tido essa reação após receber uma dose anterior. No entanto, segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), as pessoas alérgicas ao ovo podem receber a vacina contra o Influenza.

Assista ao vídeo a seguir para conhecer algumas razões que não devem ser obstáculos para alguém receber a vacina.

Confira também: Principais perguntas sobre a gripe que você precisa saber!

Quantas doses da vacina contra a gripe são necessárias?

Para crianças entre 6 meses e 8 anos, é recomendado que recebam duas doses da vacina, com um intervalo de um mês entre elas. Nos anos seguintes, apenas uma dose anual é necessária. A partir dos 9 anos de idade, a vacinação deve ser feita com uma única dose por ano.

Vacina contra gripe: é necessário tomar novamente no Brasil se já foi tomada em outro país?

Se você já recebeu a vacina contra a gripe em países do Hemisfério Norte, como os Estados Unidos, é importante saber que também é recomendado tomar a vacina aqui no Brasil. Isso ocorre porque a composição da vacina pode variar de acordo com as cepas mais prevalentes nesses países.

You might be interested:  Os riscos de nadar na piscina enquanto estiver gripado

Qual é a vacina contra a gripe?

Existem duas tipos de vacinas contra a gripe: trivalente e quadrivalente. No Brasil, na rede privada, é disponibilizada a vacina quadrivalente. Essa vacina contém dois subtipos do vírus Influenza A – geralmente H1N1 e o vírus da gripe sazonal (H3N2) – e também dois subtipos B que são determinados pelo tipo de vírus que circulou no ano anterior.

A vacina trivalente protege contra três tipos diferentes de vírus da gripe, enquanto a vacina quadrivalente protege contra quatro tipos diferentes. No Brasil, apenas a versão quadrivalente está disponível na rede privada.

Os dois subtipos do vírus Influenza A presentes na vacina são o H1N1 e o H3N2. O primeiro é conhecido como “gripe suína” e foi responsável por uma pandemia em 2009. Já o segundo é um dos principais causadores das epidemias sazonais de gripe.

Além disso, a vacina quadrivalente também inclui dois subtipos B da gripe, que variam conforme os tipos de vírus que circularam no ano anterior. Esses subtipos são importantes porque existem diferentes linhagens do vírus B em circulação globalmente e cada linhagem pode causar surtos específicos em determinadas regiões ou populações.

Tempo necessário para a vacina contra gripe fazer efeito no organismo

Após a administração, a vacina contra a gripe leva aproximadamente de 2 a 3 semanas para surtir o efeito desejado de estimular a produção de anticorpos eficazes contra o vírus.

Quem deve ser vacinado contra a Influenza?

A vacinação contra a Influenza está disponível para todos os moradores do município, de acordo com as orientações da Campanha Nacional de Vacinação. A Secretaria Municipal de Saúde informa que as salas de vacinação estão prontas para receber a população acima de 6 meses de idade. É importante ressaltar que a vacina é segura e eficaz na prevenção da gripe.

Lista dos grupos prioritários para a vacinação:

1. Crianças entre 6 meses e menores de 6 anos;

2. Gestantes;

3. Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto);

4. Trabalhadores da saúde;

5. Povos indígenas;

6. Idosos com mais de 60 anos;

7. Professores das escolas públicas e privadas;

8. Portadores de doenças crônicas não transmissíveis (como diabetes, hipertensão, etc.);

9.Pessoas com condições clínicas especiais (como obesidade mórbida, transplantados, etc.);

10.Caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo.

Proteja-se! Vacine-se contra a Influenza!

Quais são os efeitos da vacina contra a gripe?

Após receber a vacina contra a gripe, é comum experimentar algumas reações como dor no local da aplicação, sensação de cansaço e sonolência, e ocasionalmente uma febre leve.

Na tabela a seguir, estão listados os possíveis efeitos que uma pessoa pode experimentar após receber uma dose.

A vacina contra a gripe pode causar sintomas de gripe?

A vacina contra a gripe não tem o potencial de causar gripes, pois é composta por um vírus inativo.

Quem deve receber a vacina contra a gripe?

No entanto, mesmo sem mencionar o nome da vacina neste momento do texto, vale ressaltar que ela existe e está disponível para esses grupos prioritários. É importante buscar informações atualizadas sobre qual é o nome dessa vacina junto às autoridades de saúde ou profissionais médicos confiáveis.

You might be interested:  HPV: Descubra se Tem Cura e Saiba Mais sobre essa Doença

Receber a vacina contra a gripe pode ajudar na prevenção da doença e reduzir os riscos de complicações em pessoas vulneráveis. Portanto, se você faz parte dos grupos prioritários mencionados acima ou conhece alguém nessas condições, procure orientação médica sobre quando e onde tomar essa importante medida preventiva contra a gripe.

Início da campanha de vacinação contra a gripe: quando ocorre?

Geralmente, a imunização contra a gripe tem início em março nas clínicas particulares e em abril nos postos de saúde do governo.

Idade mínima para receber a vacina da Influenza

A campanha de vacinação tem como objetivo imunizar diferentes grupos populacionais. O primeiro grupo é composto por crianças com idade entre 6 meses e menos de 6 anos, incluindo aqueles que têm até 5 anos, 11 meses e 29 dias. Em seguida, gestantes e puérperas também são priorizadas para receber a vacina. Além disso, povos indígenas, trabalhadores da saúde e idosos acima de 60 anos estão inclusos na campanha.

Dicas práticas:

– Verifique se o seu filho está dentro da faixa etária estabelecida para a vacinação;

– Caso você esteja grávida ou tenha tido um bebê recentemente (até 45 dias após o parto), procure um posto de saúde para receber a imunização;

– Professores devem apresentar algum documento que comprove sua atuação nas instituições de ensino;

– Pessoas com doenças crônicas devem levar laudos médicos ou receitas atualizadas no momento da vacinação.

Exemplos:

1) Joãozinho tem apenas três anos e meio, então ele deve ser levado ao posto de saúde mais próximo para tomar as doses necessárias.

2) Ana descobriu recentemente que está grávida. Ela precisa procurar uma unidade de saúde para receber a vacina contra doenças específicas que podem afetar sua gestação.

3) A professora Maria trabalha em uma escola pública e precisa apresentar seu contracheque ou algum documento que comprove sua atuação na instituição para ser imunizada.

4) Carlos tem diabetes, uma doença crônica. Ele deve levar um laudo médico atualizado ao posto de saúde para receber a vacinação adequada.

Onde encontrar a vacina contra a gripe?

A vacina trivalente está disponível gratuitamente na rede pública de saúde, enquanto a versão quadrivalente só pode ser encontrada em clínicas particulares. Portanto, se você deseja garantir uma proteção adicional para si e sua família contra as principais cepas do vírus circulantes, a Beep Saúde é uma opção confiável.

Com a Beep, você recebe proteção adicional e não precisa mais se deslocar até um posto de saúde ou clínica particular para tomar sua vacina. Nós oferecemos o serviço de vacinação domiciliar, levando a imunização diretamente à sua casa. Essa opção é extremamente conveniente e segura.

Aproveite a oportunidade e marque uma visita conosco. Estamos disponíveis para atendê-lo todos os dias da semana, inclusive aos feriados.

Vacina tetravalente contra a gripe: o que é?

A vacina contra a gripe tetravalente de 2024 possui os seguintes diferenciais:

1. Protege contra duas cepas de vírus A e duas cepas de vírus B.

2. Está disponível sem restrições de idade, podendo ser aplicada em pessoas a partir dos 6 meses.

3. Sua apresentação é monodose, ou seja, vem em seringas individuais sem conservantes.

Esses são alguns dos principais aspectos que tornam essa vacina uma opção eficaz na prevenção da gripe.

You might be interested:  A Recorrência da Caxumba: É Possível Pegar Mais de Uma Vez?

Restrições para a vacina bivalente

Portanto, é essencial que todos os indivíduos pertencentes a esses grupos de risco recebam a vacina contra a gripe anualmente. Essa medida preventiva ajuda a reduzir as chances de contrair o vírus influenza e minimiza o risco de desenvolver complicações graves associadas à doença.

Benefícios da vacina bivalente

A vacina bivalente é uma vacina que oferece proteção específica contra a variante ômicron da gripe, que é mais prevalente do que a cepa original. Já as vacinas monovalentes fornecem apenas uma proteção parcial contra essa nova linhagem. Por outro lado, a vacina atualizada possui uma eficácia muito maior na prevenção da gripe.

– Vacina bivalente: Protege especificamente contra o vírus ômicron.

– Vacinas monovalentes: Oferecem alguma proteção contra o novo tipo de vírus.

– Vacinas atualizadas: São as mais eficazes na prevenção da gripe em geral.

É importante lembrar sempre de consultar um profissional de saúde para obter informações precisas e atualizadas sobre os tipos de vacinas disponíveis e qual seria mais adequada para cada caso individualmente.

Diferença entre vacina de gripe pública e privada

No quesito reações, algumas vacinas da rede pública costumam ocasionar mais efeitos colaterais devido ao uso de vírus vivo atenuado em sua produção. Por outro lado, as vacinas disponíveis na rede privada são, em sua maioria, fabricadas com vírus inativos, o que resulta em menos reações adversas e proporciona maior conforto após a vacinação.

1. Vacina Trivalente: É composta por três cepas do vírus influenza (dois subtipos A e um subtipo B) recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Ela oferece proteção contra os tipos mais comuns de gripes sazonais.

2. Vacina Tetravalente: Além dos três subtipos presentes na trivalente, essa vacina inclui uma cepa adicional do tipo B. Essa versão é considerada mais abrangente na proteção contra os diferentes tipos de gripe.

3. Vacina Quadrivalente: Similar à tetravalente, mas contendo duas cepas adicionais do tipo B. Também oferece ampla cobertura contra os diversos tipos de influenza.

5. Vacina Intranasal Atenuada: Aplicada através de spray nasal contendo o vírus vivo atenuado; geralmente indicada para crianças acima dos dois anos de idade e adultos saudáveis até 49 anos.

6. Vacinas Adjuvantes: Algumas vacinas contra gripe podem conter adjuvantes, substâncias que estimulam uma resposta imunológica mais eficaz. Essas versões são recomendadas para grupos específicos, como idosos e pessoas com doenças crônicas.

7. Vacina de dose única: Existem opções de vacinas contra a gripe que requerem apenas uma dose para conferir proteção completa.

9. Vacinação por via intradérmica: Alguns laboratórios oferecem a opção da administração da vacina através da injeção na camada superficial da pele (intradermo).

10. Vacinas especiais: Há também algumas vacinas desenvolvidas especificamente para determinados grupos populacionais, como gestantes e profissionais de saúde.

É importante ressaltar que o nome específico das marcas comerciais das vacinas pode variar dependendo do fabricante ou região geográfica. Portanto, é sempre recomendado consultar um profissional de saúde ou buscar informações atualizadas junto aos órgãos competentes antes de se submeter à imunização contra a gripe.